­Top Banner Advertisement

 

UPB-PR debate reforma da previdência e demandas da categoria

No último dia 26, o Sindicato dos Peritos Oficiais e Auxiliares do Paraná (Sinpoapar) participou da reunião a UPB-PR (União dos Policiais do Brasil - Paraná), juntamente com outras 10 entidades ligadas à segurança pública no estado. A pauta foi a reforma da previdência, anunciada pelo Governo Federal na última semana.

Diretoria 2019/2021: chapa "Comprometimento" registra membros para nova gestão do Sinpoapar

O Sindicato dos Peritos Oficiais e Auxiliares do Paraná (Sinpoapar) comunica o registro da chapa "Comprometimento" para a diretoria da entidade para o biênio 2019/2021.

Confira quem são os membros registrados:

---

---

Paulo Roberto Zempulski | perito criminal | presidente Augusto Pasqualini Neto | perito criminal | vice-presidente Roman Hector Abril | perito criminal | 1º secretário Mariana Ulyssea | perito criminal | 2ª secretária Alexandre Guilherme de Lara | perito criminal | 1º tesoureiro

Perita do Paraná integra força tarefa para identificação de vítimas em Brumadinho

Uma perita criminal do Paraná está entre as centenas de profissionais que atuam na força tarefa de Brumadinho, município mineiro onde ocorreu o rompimento de uma barragem de resíduos pertencente à mineradora Vale. A tragédia ocorreu no dia 25 de janeiro e deixou quase 400 desaparecidos. Patrícia Doubas Cancelier é coordenadora da Comissão de Identificação de Vítimas de Desastres em Massa da Polícia Científica e foi enviada para Minas Gerais para auxiliar na identificação de vítimas a pedido da Polícia Federal.

Sinpoapar se posiciona sobre perícias da chacina de Londrina

O Sindicato dos Peritos Oficiais e Auxiliares do Paraná (Sinpoapar) vem a público esclarecer que os materiais relativos ao caso da chacina de Londrina - de 2016, conhecido como Noite Sangrenta - vem sendo objeto de exames periciais de alta complexidade, com a correspondente emissão dos laudos periciais. A priorização desses exames atende às tratativas estabelecidas junto ao órgão solicitante, ou seja, o Ministério Público do Estado do Paraná (MPPR). A Promotoria de Londrina pode obter informações sobre o caso junto aos órgãos de execução do próprio MP.

Páginas

Top