­Top Banner Advertisement

 

Foto de Pedritta Garcia
Data-base: Sinpoapar e entidades da segurança pública confirmados em manifestação do dia 14

Em reunião com demais entidades sindicais ligadas às forças da segurança pública do estado – realizada na sede do Sindarspen (Sindicato dos Agentes Penitenciários do Paraná) neste 10 de junho – o Sinpoapar (Sindicato dos Peritos Oficiais e Auxiliares do Paraná) confirmou sua participação na manifestação do funcionalismo público estadual marcada para 14 de junho. A mobilização em prol do reajuste da data-base, em Curitiba, será 9h, na Praça Nossa Senhora de Salete, em frente ao Palácio Iguaçu.

Segundo o presidente do sindicato, Paulo Zempulski, o Fórum de Entidades Sindicais (FES), do qual o Sinpoapar é membro, decidiu promover dois protestos no mesmo dia: pela manhã, para pressionar o Governo do Paraná a pagar a data-base; e à tarde, contra a reforma da previdência. “No caso das forças de segurança pública, a adesão à manifestação de sindicatos e associações será pela manhã. Em relação à reforma da previdência, estamos envolvidos em outra estratégia de pressão, juntamente à UPB [União dos Policiais do Brasil – Paraná]”, esclarece.

REAJUSTE ZERO: apesar das deliberações da Comissão de Permanente de Negociação da data-baserealizadas em maio, quando o FES apresentou dados que comprovam que há condições para a reposição inflacionárias de 4,94% dos últimos 12 meses –, o governador Ratinho Junior anunciou reajuste zero para o funcionalismo público estadual em 2019.

A argumentação do Governo do Paraná para o reajuste zero seria a falta de caixa e a Lei de Responsabilidade Fiscal. Com isso, aumenta para quatro anos a defasagem salarial dos servidores estaduais, inclusive os da Polícia Científica, já que desde 2016 a data-base está congelada. “Nossa defasagem salarial já passa dos 17% ao mês. Estamos recebendo apenas 83% do valor que nos é devido”, reforça Zempulski, ao convocar filiados e filiadas a participarem da mobilização no dia 14 de junho.

#DataBaseJá || #NãoAoCalote

Assessoria de Comunicação – Sinpoapar

  • Comentários

0 Comentários

Top