­Top Banner Advertisement

 

Foto de Pedritta Garcia
Data-base: Sinpoapar e entidades das forças de segurança negociam reajuste com governo

Em reunião nesta quinta-feira, 4 de julho, na sede do Sindarspen, o Fórum de Entidades Sindicais do Paraná (FES), do qual o Sinpoapar (Sindicato dos Peritos Oficiais e Auxiliares do Paraná) é membro, deliberou sobre a proposta do Governo do Estado que reajusta a data-base em 5,09% de forma parcelada, até 2022. A categoria não está satisfeita com o percentual oferecido e decidiu manter as manifestações da próxima semana estão em prol dos 4,94% da inflação dos últimos 12 meses.

Segundo o presidente do Sinpoapar, Paulo Zempulski, o governo estadual voltou a se reunir nesta sexta-feira, 5 de julho, com representantes do FES, o próprio sindicato e demais entidades ligadas às forças de segurança pública no Paraná. Desta reunião – que contou com a presença do chefe da Casa Civil, Guto Silva, e dos deputados estaduais Tiago Amaral (PSB), Professor Lemos (PT) e Hussein Bakri (PSD), este último líder do Poder Executivo na Assembleia Legislativa – ficou decidido que as negociações de cada ano serão feitas de forma independente da negociação de 2019. “Foi solicitado que o aporte inicial seja maior. Os representantes do governo vão realizar estudos para apresentar uma nova proposta.”

Outra reunião entre Poder Executivo e representantes do funcionalismo público está agendada para segunda-feira, 8 de julho, quando o Governo do Paraná deverá apresentar um novo percentual de reajuste. “O calendário de manifestações está mantido. Convoco filiados e filiadas a participarem da carreata das forças de segurança pública que acontecerá na segunda, pela manhã. E na terça, a estarem presentes no ato unificado da categoria em prol da data-base, com concentração na Praça 19 de Dezembro, em Curitiba”, disse Zempulski.

Sinpoapar, associações e sindicatos policiais e FES reiteram que, desde 2016, a perda salarial das categorias é de 17,04% e que nesse momento o mínimo que aceitam, sem condicionantes é 4,94% para continuar o debate com o governo para os próximos anos. O funcionalismo vai continuar pressionando o Poder Executivo e os deputados estaduais em suas bases.

O ato das categorias policiais será dia 8 de julho, às 12h30, com saída da sede do Sindarspen (Rua Professor Macedo Filho, 341, Bom Retiro) direção ao Centro Cívico. Já o ato unificado dos servidores estaduais será em 9 de julho, às 9h, com concentração na Praça 19 de Dezembro (praça do Homem e Mulher Nus), também em direção ao Palácio Iguaçu.

Assessoria de Comunicação - Sinpoapar

  • Comentários

0 Comentários

Top