­Top Banner Advertisement

 

Foto de Fernanda C. O. Tavares
Peritos Patrick Souza, da Criminalística, e Irno Azzolini, do IML, foram os homenageados

Os peritos Patrick Souza, chefe da Seção Técnica do Instituto de Criminalística, e o médico Irno Azzolini, diretor do Instituto Médico Legal (IML), ambos de Francisco Beltrão, foram os únicos representantes do interior do Paraná homenageados durante solenidade realizada no início do mês na Assembleia Legislativa.

A sessão solene ocorreu no Plenarinho da Assembleia em comemoração ao Dia Estadual do Perito Oficial no Paraná. 
A iniciativa da sessão e do projeto, que está inserindo a data no Calendário Oficial de Eventos do Estado, foi do deputado Felipe Francischini (SD). 
O Dia Nacional do Perito Criminal foi 4 de dezembro, que também foi escolhido para marcar a data no Paraná. Segundo o autor das propostas, a sociedade precisa conhecer mais sobre esse trabalho, que é tão importante dentro do quadro da Polícia. No Paraná, além dos funcionários de apoio, atualmente são cerca de 269 profissionais na área, que abrange peritos criminais, médicos legistas, odontolegistas, químicos legais e toxicologistas legais, que trabalham no IML e no Instituto de Criminalística, que compõem a Polícia Científica do Estado. São 27 unidades no interior que atuam nos 399 municípios. O grande desafio é a integração da Polícia Científica para agilizar os atendimentos, cerca de 250 mil por ano.
O trabalho destes profissionais envolve a análise crítica e científica dos locais onde ocorreram crimes, além de serem responsáveis por localizar as provas técnicas, e analisar os vestígios do delito. As provas técnicas são muito importantes em um processo judicial, não sendo descartadas mesmo quando o réu é confesso. Ele também estuda o corpo do objeto, faz exames de laboratório específicos, analisa todas as informações das quais dispõe e reconstitui a cena do crime, na tentativa de desvendar os autores, as armas utilizadas, o modo como foi realizado e até as vítimas. O profissional de perícia é selecionado por concurso público, e pode participar de operações isoladas e da perícia de pequenos delitos, ou de operações próprias juntamente com outros departamentos da justiça.

Link: http://www.jornaldebeltrao.com.br/noticia/238867/peritos-patrick-souza-da-criminalistica-e-irno-azzolini-do-iml-foram-os-homenageados

  • Comentários

0 Comentários

Top